Informação e Conhecimento

Semana do MEI 2021 apresenta tendências e oportunidades para os pequenos negócios

Com programação digital e gratuita, evento ocorre entre os dias 10 e 14 de maio

A partir de segunda-feira (10), o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae, realizará a Semana do MEI. O evento, voltado para o Microempreendedor Individual, terá uma programação nacional, totalmente online e gratuitas. As inscrições devem ser feitas no endereço e eletrônico http://bit.ly/SEMANAdoMEI2021.

O tema da edição deste ano é “Uma nova visão para o futuro do seu negócio”. Esse mote é inspirado no bordão do empreendedor, influenciador digital e escritor, Rick Chester, que ficou conhecido nas redes sociais após viralizar com um vídeo no Youtube, no qual ensina como lucrar vendendo água no Rio de Janeiro. Ele será a grande atração do último dia da Semana do MEI 2021, com a palestra de encerramento “Pega a Visão”. 

Os inscritos na Semana do MEI terão a oportunidade de participar de uma jornada de conhecimento, além de interagir com especialistas convidados, que abordarão dicas para vender mais na internet. A ideia é inspirar para empreender, apresentar tendências e oportunidades de negócios, destacar a importância de se planejar para começar de forma adequada e mostrar como cuidar das finanças. A programação foi construída de maneira colaborativa, envolvendo todas as unidades do Sebrae no país.

Para o diretor superintendente do Sebrae no Piauí, Mário Lacerda, os Microempreendedores Individuais são profissionais que contribuem fortemente para a economia do Brasil e do Piauí. “Esse evento tem como foco justamente levar informação e conhecimento para que os MEI possam superar a crise com criatividade e contando com o apoio do Sebrae.  É importante mostrar para essas pessoas que elas têm alternativas para avançar”, destaca o diretor.

Entre os temas a serem tratados no primeiro dia do evento (10 de maio) estão inteligência emocional, motivação, resiliência e criatividade. Já o dia 11 será voltado para oportunidades de negócios, mostrando grandes tendências, principalmente para o setor de alimentos e beleza. As lives terão a participação de Heloísa Nóbrega, especialista do Sebrae em redes sociais, sobretudo o Tik Tok; e da maquiadora Janaína Mayane, embaixadora MEI. que promove cursos online.

No dia 12, os participantes poderão aprender sobre a importância do planejamento e vendas pela internet, com a ajuda de Felipe Siqueira, sócio do Grupo Reserva, e de Mayra Moreli, gerente de negócios da B2W Marketplace. 

Orientar os empreendedores na organização das contas será o objetivo das lives a serem realizadas no dia 13. A ganhadora do prêmio ‘Mulheres que Transformam’, da XP, Bia Santos, abordará o tema educação financeira. As oportunidades do PIX para o MEI também será tema de palestra, com a especialista do Banco Central, Mayara Yano.

No último dia do evento (14 de maio), serão oferecidas oficinas para ajudar a vender mais, com foco no mercado digital, com convidados do Facebook, da HostGator (multinacional de hospedagem de sites) e da Kyte (plataforma online de vendas). 

A analista do Sebrae Nacional, Graziele Vilela, explica que os participantes vão aprender como vender melhor pela internet, usar as redes sociais a favor do negócio, além de conhecer mais sobre ferramentais digitais. “O grande diferencial deste ano é que será um evento com conteúdos mais voltados para a prática. Levaremos temas que auxiliem os MEI no dia a dia, já que eles atuam praticamente sozinhos”, ressalta. 

DADOS SOBRE O MEI

Atualmente, existem 11,3 milhões de MEI em atividade no país. No Piauí, são quase 100 mil empreendimentos formalizados por meio dessa figura jurídica.

De acordo com o último Perfil do MEI, elaborado pelo Sebrae levando em consideração dados nacionais, 76% do Microempreendedores Individuais possuem o empreendedorismo como única fonte de renda e apenas 2% eram empreendedores formais antes de se tornar MEI. O estudo também revela que 51% dos MEI em atividade tinham carteira assinada antes de se formalizar e 12% eram empreendedores informais.

A possibilidade de vender ou prestar serviços para o governo, ter um Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), acessar produtos e serviços bancários, como crédito, são algumas das principais vantagens de ser um MEI. Sobre os direitos e benefícios previdenciários, a aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, auxílio-doença, salário-maternidade e pensão por morte estão no topo da lista.

Serviço:

Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae no Piauí: (86) 3216-1356
Agência Sebrae de Notícias Piauí: (86) 3216-1325
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
WhatsApp: (86) 9 9583-4586
www.twitter.com/pi_sebrae
www.facebook.com/sebraepiaui
www.instagram.com/sebraepi/