Desburocratização

Representantes do Sebrae no Piauí e de órgãos parceiros participam do Seminário Brasil Mais Simples

Evento acontece em Brasília

Representantes do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí, e de entidades parceiras participam até hoje (24) do Seminário Brasil Mais Simples, que acontece em Brasília.

Representantes do Piauí no Seminário Brasil Mais Simples

O evento tem como foco promover discussões e troca de informações sobre a simplificação dos processos de abertura e legalização de empresas no ambiente dos pequenos negócios, além de destacar o papel de cada instituição no Brasil Mais Simples.                    

Entre os órgãos do Piauí representados no evento estão: Junta Comercial do Estado do Piauí, com a presença da presidente Alzenir Porto; Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária Estadual e do Município de Teresina, Secretaria de Meio Ambiente Estadual e  do Município de Teresina, e Secretaria de Planejamento de Teresina.

Participam também do seminário dois Agentes de Desenvolvimento dos municípios de Tanque do Piauí e de Castelo do Piauí. Os agentes são técnicos nomeados pelas prefeituras, que atuam como articuladores e mobilizadores na implementação da Lei Geral, tendo ainda papel fundamental na promoção do desenvolvimento sustentável e na aproximação dos empresários e empreendedores com o poder público.

“Formamos um grupo com representantes de vários órgãos envolvidos no processo de abertura e legalização de empresas e trouxemos para o evento em Brasília. A ideia é disseminar conhecimentos e experiências de sucesso, fortalecendo a implementação da Redesimples no Piauí”, afirma o analista do Sebrae no Piauí, Maurílio Quaresma, que está a frente do grupo, que representa o Estado no seminário.

A Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios, Redesimples, estabelece diretrizes e procedimentos para simplificar e integrar os processos de abertura, alteração, baixa e legalização de empresas.

“A implantação da Redesimples é a melhor alternativa para reduzir a burocracia nos municípios e incentivar o surgimento e fortalecimento de pequenos negócios. Nessa plataforma, os órgãos responsáveis pelo registro e legalização de empresas atuam de forma integrada, permitindo a realização de todo o processo por meio de entrada única de dados na internet”, acrescenta Quaresma.

No Piauí, cerca de 140 municípios já estão com a Redesimples implantada, por meio do sistema integrador Piauí Digital.

“O sistema integrador é implantado a custo zero nos municípios. A contrapartida das prefeituras é a infraestrutura para operacionalização do Piauí Digital, que faz a integração entre os dados cadastrais da Receita Federal do Brasil e dos diversos órgãos estaduais e municipais que participam do processo de abertura, alteração e baixa de empresas, disponibilizando esses dados na internet, em um ambiente integrado, interativo e de fácil acesso”, destaca Maurílio Quaresma.

O Sebrae vem realizando um intenso trabalho de consultoria para garantir o pleno funcionamento do sistema, sobretudo no que diz respeito à redefinição dos fluxos internos nos órgãos competentes. 

 

Serviço:
Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae no Piauí: (86) 3216-1356
Agência Sebrae de Notícias Piauí: (86) 3216-1325
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.twitter.com/pi_sebrae
www.facebook.com/sebraepiaui

Tags: Seminário Brasil Mais Simples, agente de desenvolvimento, Desburocratização, Lei Geral, Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, Micro e Pequenas Empresas, Microempreendedor Individual, Pequenos Negócios, REDESIMPLES, Rede Simples