Agronegócio

Ambev compra caju de produtores piauienses para produção de cerveja no Estado

Iniciativa deve beneficiar mais de 400 famílias de cajucultores

A Cooperativa de Cajucultores do Piauí, Cocajupi, está comercializando caju para a Cervejaria Ambev, que fabricará a primeira cerveja genuinamente piauiense, a base desse fruto. A iniciativa envolve cajucultores de Monsenhor Hipólito, Francisco Santos e Ipiranga do Piauí, ligados à Cocajupi.

A comercialização dos cajus para a Ambev iniciou no mês de agosto. Produtores dos municípios de Canto do Buriti e Pio IX, que estão entre os maiores produtores de caju do Estado, também farão negócios com a cervejaria.

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí, apoia a Cocajupi desde a sua criação com capacitações, consultorias tecnológicas e de gestão, certificação e acesso a mercado, oportunizando a participação em eventos comerciais, além de outros benefícios.

“O Sebrae continua atuando na habilitação do empreendimento. Essa parceria entre a cooperativa e a Ambev mostra como a entidade vem crescendo e fortalecendo seus negócios”, destaca a analista do Sebrae no Piauí, Mercês Dias.

O presidente da Cocajupi, Jocibel Belchior, ressalta que está muito feliz com essa negociação e que o Sebrae tem sido um importante parceiro da cooperativa. “O Sebrae é parceiro da cooperativa desde a criação da entidade. Nós participamos dos cursos de gestão, associativismo, cooperativismo e de grandes eventos como o Begê Sabor e Sol, com resultados bastante positivos. Recebemos também consultorias na área de certificação, que contribuíram que a entidade chegasse a esse patamar de negociação com uma grande empresa”, afirma.

De acordo com a supervisora Agro da Ambev, Lanessa Vieira da Silva, nas primeiras compras, realizadas no mês de agosto, foram adquiridas 26 toneladas de caju. Ela ressaltou que os agricultores estão bastante animados com o projeto. “Iniciamos as compras da matéria-prima na segunda-feira, nos municípios de Monsenhor Hipólito e Francisco Santos. A expectativa é que sejam adquiridas nesta primeira etapa mais de 200 toneladas de caju. Os agricultores estão muito empolgados, pois estão vendendo o caju por um o preço justo e ainda terão como produto final uma bebida que vai valorizar a história e a cultura do Piauí”, pontua Lanessa.

CERVEJA PIAUIENSE

O projeto da Ambev conta com a parceria do Governo do Estado do Piauí, através da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar, e têm como objetivo gerar renda para os agricultores, melhorando a qualidade de vida das famílias envolvidas.

O secretário de Estado da Agricultura Familiar, Hérbert Buenos Aires, que juntamente com a equipe da secretaria, tem acompanhado e incentivado à execução do projeto, destaca que a comercialização de produtos da agricultura familiar é um dos principais objetivos do órgão. “Firmamos essa parceria com a Ambev para garantir renda para os agricultores. A aquisição do caju começou pela região de Picos, mas depois se estenderá até a região de Canto do Buriti e também para municípios da região norte do Estado”, ressalta.

A iniciativa vai atender cerca de 200 fornecedores e beneficiará mais de 400 famílias de agricultores familiares do Piauí.


Serviço:
Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae no Piauí: (86) 3216-1356
Agência Sebrae de Notícias Piauí: (86) 3216-1325
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
WhatsApp: (86) 9 9583-4586
www.twitter.com/pi_sebrae
www.facebook.com/sebraepiaui
www.instagram.com/sebraepi/